Poço artesiano exige estudo Geológico, bom projeto e construção.

A utilização de recursos hídricos subterrâneos, como fonte de abastecimento de água, é tão antiga que acompanha a humanidade desde os primórdios da civilização”. A afirmação do geólogo Claudio Oliveira, vice-presidente da ABAS – Associação Brasileira de Águas Subterrâneas –, se complementa com a informação de que “em praticamente todo o mundo, a maioria dos setores utiliza intensamente as águas subterrâneas como fonte de abastecimento com resultados fabulosos”.

Neste contexto, o uso das águas subterrâneas como fonte alternativa de abastecimento vem aumentando no país, desempenhando um importante papel no desenvolvimento econômico e social. “Muitos setores identificam nessas fontes, soluções rápidas com melhor viabilidade econômica e de qualidade em relação a outras. Em muitos casos, ainda são as únicas disponíveis, não sendo vantajoso, portanto, desperdiçá-las”, acrescenta.

POÇO ARTESIANO – VANTAGENS 

• Não ocupa espaço em superfície;
• Promove autonomia de abastecimento;
• Permite a perfuração próxima ao local de uso;
• As águas subterrâneas sofrem menor influência nas variações climáticas e são as maiores reservas de água doce disponíveis;
• As águas subterrâneas possuem em geral melhor qualidade física, química e biológica;
• As águas subterrâneas são menos vulneráveis a agentes poluidores advindos da superfície.

“A única desvantagem são os poços mal construídos, que representam prejuízos aos mananciais subterrâneos e ao contratante”, diz Oliveira.

Claudio Oliveira – Geólogo, vice-presidente da ABAS – Associação Brasileira de Águas Subterrâneas. Empresário, é titular da HidroGeo Perfurações, que atua no ramo de poços tubulares, com sede no Rio Grande do Sul e da HG Perfurações que atua no ramo de poços de petróleo, na Bahia.

Claudio Oliveira – Geólogo, vice-presidente da ABAS – Associação Brasileira de Águas Subterrâneas. Empresário, é titular da HidroGeo Perfurações, que atua no ramo de poços tubulares, com sede no Rio Grande do Sul e da HG Perfurações que atua no ramo de poços de petróleo, na Bahia.

Fonte – Leia mais em: www.aecweb.com.br

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *